segunda-feira, 4 de maio de 2009

Fórum promove reflexões sobre a Preservação do Patrimônio Cultural

O Departamento de Minas Gerias do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB-MG) promove o Fórum “Preservação do Patrimônio Cultural” para debater as questões centrais da gestão urbana dentro de cidades históricas, sendo elas: cultura, turismo, conservação, desenvolvimento urbano e a sustentabilidade, dia 13 de maio, das 8h às 18h, no auditório da FAOP - Fundação de Arte de Ouro Preto, Casa Bernardo Guimarães, rua Irmãos Kennedy, nº 601, Cabeças, Ouro Preto, MG, como parte da programação do Encontro Nacional do Conselho Superior do IAB, COSU, que reunirá presidentes e conselheiros dos IABs de todo o país, além do lançamento do Núcleo do IAB-MG em Ouro Preto.

O debate visa auxiliar administradores públicos, conselhos, entidades da sociedade civil, estudantes, pesquisadores e a comunidade em geral na coleta de subsídios para enfrentar os desafios a serem superados, na implantação de políticas públicas para o desenvolvimento urbano sustentável em cidades, onde a preservação da história e a valorização do turismo sejam alternativas econômicas para o fortalecimento do município. Confira abaixo a programação completa.

Na abertura oficial do evento, dia 12 de maio, às 20h, será promovida palestra magna “Um diálogo sobre as políticas publicas intersetoriais de turismo, desenvolvimento urbano e habitação nas Cidades Históricas de Minas Gerais”; Lançamento da Campanha IAB-MG do Ano Estadual do Patrimônio Modernista 2009 em Minas Gerais; Homenagem ao Professor Sylvio de Vasconcellos; e Lançamento de marca oficial da Campanha, a se realizar também no auditório da FAOP - Fundação de Arte de Ouro Preto.

Clique na imagem para ver a programação completa ou clique aqui.


2 comentários:

mah_luccas disse...

Como posso me inscrever? Sou estudante da UFV (Viçosa-MG)!

Obrigada!!!

VANIA AVELAR disse...

Prezados companheiros do IAB-MG,

Como não cheguei a tempo de participar do Fórum sobre a Preservação do Patrimônio Cultural, quando da oportunidade de participar no 131º COSU/Ouro Preto, gostaria de receber o documento que certamente foi gerado no mesmo.
Aproveito para parabenizar todos pela iniciativa do evento e lamentar não ter podido colaborar nas reflexões vez que atuo no IPHAN em Pernambuco – Olinda, Cidade Patrimônio da Humanidade, e teria sido para mim profícua a troca de experiências.
Cordiais saudações
Vania Avelar de Albuquerque
Arquiteta 5ª SR IPHAN/MinC